Ouça rádio Aliança-Macarani
 

Reserve já seu espaço aqui

PMDB Macarani

o trabalho não pode parar

 
Reserve já seu espaço aqui
 

Fique por dentro do tempo

Clique na imagem para mais detalhes

 

  História de Macarani

  Esporte Mundo

  Jornal A Tarde - Bahia

  Jornal Correio da Bahia

  Tribuna da Bahia

 Outros Jornais baiano

 

 

PREFEITURA DE MACARANI DISTRIBUIRÁ CESTAS BÁSICAS E PEIXES PARA FAMÍLIAS CARENTES

A população carente de Macarani está com a cesta básica da Semana Santa garantida.

empresário Playboy e o Prefeito Carlinhos

O velho ensinamento diz que “não se deve dar o peixe, mas ensinar a pescá-lo”. Entretanto, considerando a escassez do pescado nos pequenos rios, e à falta de condição de muitas pessoas em comprar o material de pesca, a prefeitura de Macarani, mas uma vez, cumprirá o seu papel social e, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, distribuirá na semana santa 6 toneladas de peixes e 3.500 cestas de alimentos para a população carente do município, “selecionaremos antecipadamente as famílias mais carentes, principalmente as que residem em condições adversas e em áreas periféricas. Peixe é um alimento básico e muito saudável o que garante uma ceia com dignidade, também estou muito feliz, em poder honrar essa tradição na Semana Santa à população de Macarani, proporcionando a ajuda para uma mesa mais farta às famílias neste momento de união e celebração cristã”. Afirmou o prefeito Carlinhos.

Prefeito dispara contra três vereadores da base oposicionista
e os chamam de preguiçosos, e vereadores de um único mandato, "vão trabalhar preguiçosos"

Três vereadores são contra a vinda de novas empresas geradoras de empregos para Macarani, afirma o prefeito, ouçam a entrevista e saiba quem são eles.

“Não vou ocupar meu tempo respondendo acusações infundadas desses três desocupados que não fazem oposição ao prefeito e sim ao povo necessitado de Macarani, eles não me assustam! A minha resposta vem em obras e na prestação de serviço ao povo de Macarani. Continuarei enquanto prefeito, realizando meu trabalho com honestidade e responsabilidade com a coisa publica! Finalizou. o prefeioto Carlinhos em entrevista a rádio Aliança.

O prefeito de Macarani Carlinhos (PMDB) vem constantemente sendo atacado por adversários políticos (vereadores) que a qualquer custo tentam plantar informações que vão de encontro a realidade dos fatos. O administrador da cidade é um dos poucos que tem conseguido driblar a crise financeira e tem conquistado apoio nas esferas estadual e federal para dar prosseguimento ao trabalho de desenvolvimento da cidade dando qualidade de vida e emprego ao seu povo. Mesmo depois de trazer a Barbara Kráz e agora a SJB, ele mais uma vez, provou o quanto existem pessoas que jogam contra o desenvolvimento da cidade do sudoeste baiano.

Clique e ouça

Prefeitura intensifica limpeza de rios e canais em Macarani

A Prefeitura de Macarani já deu início ao trabalho de prevenção aos alagamentos, mosquitos da dengue e pernilongos. A Secretaria de Maio Ambiente concluiu, esta semana, a limpeza do Rio Macarani e canais no trecho que corta a cidade, incluindo os canais do Mercado de Carne e Rua Castelo Branco. Na próxima semana será a vez do Córrego conhecido como Córrego do bairro Sobral Bentes e Baixada que também passará por desobstrução e limpeza completa.

Empresário Playboy acompanha de perto o trabalho

O trabalho é continuo e se intensifica nessa época, com objetivo de manter limpos os corpos hídricos da cidade, já que o acúmulo de lixo contribui para inundações no período das fortes chuvas. A limpeza, que começou esta semana vai até que seja limpo toda rede.
Além da limpeza dos canais e rios, a Prefeitura vem fazendo manutenção da rede de drenagem e recuperando trechos que foram danificados, devido ao montante acumulado de lixo e areia. O serviço vem sendo ampliado para atender ao crescimento do número de residências nas localidades.

O Prefeito Carlinhos resalta sobre a importância de manter o município limpo e pede apoio à comunidade macaraniense“A limpeza proporciona higiene às ruas, como também evita pragas de ratos, baratas e de mosquitos transmissores de doenças. Peço o apoio da nossa comunidade, para que seja fiscal de si mesmo e do próximo, não jogue lixo em locais indevidos, colabore para que nossa cidade seja um lugar melhor para vivermos” comenta.

"A secretaria de Meio Ambiente de Macarani realiza ainda uma campanha de educação ambiental, para que sejam evitados danos ambientais. É muito importante que a população se envolva nesse processo" - explicou o Secretário de Meio Ambiente, Wando Lima.

EDUCAÇÃO - Os rios e canais sofrem com o grande volume de lixo depositado de forma irregular pelos próprios moradores, incluindo dejetos de grande porte, como móveis, pneus e até geladeiras. Para enfrentar essa questão, a Prefeitura aposta na educação ambiental, com projetos mantidos pelas secretarias.
A Secretaria de Meio Ambiente enviou esta semana um oficio a CEPLAC pedindo ao órgão a doação de 2.000 mudas de plantas para serem plantadas as margens do Rio Macarani no trecho que corta a cidade. mais imagens...

Confira, abaixo, algumas dicas, para evitar tragédias humanas e ambientais.


- Não jogue lixo ou entulho no córrego, para não obstruir a passagem de água;
- Jogue o lixo no lixo. Não jogue lixo em terrenos baldios ou na rua. Não jogue papel e lixo na rua;
- Não jogue lixo nos bueiros (boca de lobo), para não obstruir o escoamento da água;
- Limpe o telhado e canaletas de águas para evitar entupimentos;
- Não construa próximo a córregos que possam inundar;
- Não construa próximo de barrancos que possam deslizar, carregando sua casa;
- Não construa embaixo de barrancos que possam deslizar, soterrando sua casa;
- Seja solidário, avise aos seus vizinhos sobre o perigo, no caso de casas construídas em áreas de risco de deslizamento. Avise, também, imediatamente ao órgão municipal responsável;
- Conheça o Centro de Saúde mais próximo da sua casa, pode ser necessário.
- Não destrua a vegetação das encostas. Plantas com raízes maiores, gramas e capins ajudam na fixação do solo.
- Em morros e encostas, não plante bananeiras e outras plantas de raízes curtas, porque as raízes dessas árvores não fixam o solo e aumentam os riscos de deslizamentos.
- Se houver água correndo nas encostas, construa canaletas para impedir o fluxo de água no solo.
- Não amontoe sujeira e lixo em lugares inclinados porque eles entopem a saída de água, não jogue lixo em vias públicas ou barreiras, pois ele aumenta o peso e o perigo de deslizamento.
- Não faça cortes nos terrenos de encostas sem licença da Prefeitura, para evitar o agravamento da declividade.

Um apelo da Secretaria de Meio Ambiente de Macarani
Governo, (o trabalho não pode parar).

 

 

EFEITO LAVA JATO: 250 MIL DEMITIDOS NA CONSTRUÇÃO

Saldo negativo foi registrado nos últimos cinco meses e é o reflexo direto da investigação no setor econômico; segundo o ministro do Trabalho, Manoel Dias, a Lava Jato fez com que houvesse demissões em empresas que prestam serviços à Petrobras; se não bastasse, o deputado federal Raul Jungmann (PPS-PE), ex-ministro de FHC, entrou com representação questionando todos os acordos de leniência que possam ser firmados com a União; sem os acordos, a consequência será a quebradeira geral das construtoras brasileiras, tornando ainda mais aguda a crise no setor de infraestrutura; ex-governador paulista Alberto Goldman chegou a dizer, em artigo, que uma das condições para um eventual impeachment é a deterioração econômica; tucanos e aliados apostam no "quanto pior, melhor"

SEM DINHEIRO, IBGE CANCELA O CENSO DE 2016

A falta de recursos obrigou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a cancelar a Contagem da População 2016. Em nota, o Ministério do Planejamento, responsável pelo IBGE, confirmou o cancelamento da pesquisa.

Segundo o Planejamento, o alto custo da pesquisa, orçada em R$ 2,6 bilhões, foi o fator responsável pelo cancelamento. O montante não está previsto no Orçamento de 2015. Estão mantidas as demais pesquisas do IBGE, como o Sistema de Contas Nacionais, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, a Pesquisa de Orçamentos Familiares e o Censo Agropecuário de 2017.

Sem a Contagem da População, um novo levantamento populacional só será feito no Censo de 2020. Usada no cálculo dos repasses da União aos estados e aos municípios, a Contagem da População é feita por amostragem e não exige a ida de técnicos do IBGE de casa em casa, como no censo.

Apesar da amostra menor, a pesquisa envolve cerca de 80 mil recenseadores. A compra de equipamentos e a contratação de trabalhadores temporários começariam a ser planejadas em 2015 para a execução do levantamento em 2016. Sem a Contagem da População, estados e municípios receberão repasses federais com base em estimativas do IBGE.

ILHÉUS E ITABUNA REGISTRAM 4,2 MIL CASOS DE DENGUE

Os dois maiores municípios do sul da Bahia registraram 4.239 casos de dengue somente em 2015, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). Itabuna tem 1.594 casos, mais de 500 deles registrados nos últimos quatro dias. Ilhéus tem maior número de casos – 2.645.

Medidas emergenciais foram discutidas por Estado e municípios nesta quinta (26). Os dois municípios terão equipamento que permite o diagnóstico da dengue em apenas 20 minutos.

Tradicional arma contra a dengue, o “fumacê” será usado nos dois municípios, segundo o subsecretário estadual de Saúde, Roberto Badaró.

“Além de agilizar o diagnóstico, com a utilização do aplicativo será possível definir as áreas com maior risco de dengue e concentrar os esforços na prevenção”, disse Badaró.

A situação é de surto epidêmico nas duas cidades. Há duas semanas, o Ministério da Saúde divulgou dados que já sinalizavam que Itabuna teria epidemia de dengue. Um levantamento rápido que identifica a presença de larvas do Aedes aegypti, o LIRAa, detectou infestação em 17,8% dos lares urbanos de Itabuna, o que dá média de quase 18 a cada 100 casas visitadas.

Ainda de acordo com a Sesab, o governo federal liberará R$ 143 mil para ações emergenciais de combate à dengue em Itabuna.

A CONTA DA GASOLINA NA BAHIA

Continuam os ruídos sobre o aumento real da alíquota de ICMS sobre a gasolina na Bahia. Como determina a Lei 13.207, de dezembro do ano passado, a elevação foi de um ponto percentual – 27% para 28%, e não para 30%. A confusão em torno do índice levou o governador Rui Costa (PT) a se queixar publicamente e a reafirmar o que diz a legislação em vigor. No entanto, o sindicato que representa donos de postos de combustível disse, em nota à imprensa, que as notas fiscais emitidas pelas distribuidoras confirmam o reajuste de três pontos, citando a mesma lei. Assim, fica difícil saber com quem a razão está, mas será fácil perceber para quem vai a conta.

CRÔNICA Edson Ribeiro

DILMA REPETE COLLOR


2015 será um ano duro. Não tem economista com um mínimo de competência que não reconheça que a coisa tá e vai ficar mais feita ainda. Não apenas muitas demissões e, provavelmente, raríssimas admissões veremos no mercado ide produção e comércio de bens e serviços, mas também de investimentos públicos, já que qualquer crise que atinja a economia privada num pais capitalista, atinge também os investimentos e serviços públicos. Não é novidade. Todos sabemos que 2015 será um ano de muitas demissões em todo o país, menos, talvez, em alguns setores de Brasília onde o governo, certamente, continuará garantindo o sustento dos apadrinhados.leia mais...

 

Galeria de Fotos    Mural de recados        Nosso Jornal     Nossos Arquivos

Banco do Brasil
Caixa Ecônomica Federal
Bradesco
Itaú
Banco do Nordeste
HSBC
2ª Via Telemar
2ª Via Coelba
2ª Via OI telefone
Busca CEP - Correios
Detran - BA '
Resultados Loterias

Visitante nº

Direitos reservados a Local Net - setembro de 2008

Contato: wandolimaeol@hotmail.com